Páginas

Sândalo

Corre a água fria pelo corpo
Pelos cabelos, pele, pensamentos
Refrescando, reanimando
Lavando qualquer sofrimento

Lave o corpo, lave a alma
Limpe e purifique o coração
Enxugue seus desejos
Com cuidado e atenção

Escove bem os cabelos
Perfume-se com sândalo
Pinte os lábios de vermelho

Deixe emanar de si este cheiro
Deixe no banheiro esta angústia
Sândalo no corpo inteiro!

Um comentário:

Erivanilde disse...

Cuide e cultive o seu blog, regue-o com muita imaginão e poesias, pois ele está lindo...

Desta vez não o perca.

Parabens...