Páginas

Teresa

Que encantos tem Teresa?
Onde será que ela está?
Uma voz chama por ti, mulher
Nas solitárias ruas de Fortaleza

Sempre sozinho a gritar
O nome da mulher amada
Este crioulo de barba branca
Como poucos, sabe sambar

Num abraço solitário ele enlaça
sua cintura e beija os lábios da mulher
beijando as próprias mãos com proeza

Elegante e louco por causa do amor
Ele diz: “tentaram me matar
Para eu não amar Teresa”


Este poema é uma singela homenagem a este senhor que anda pelas ruas de Fortaleza, visto principalmente no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, declarando seu amor por uma mulher chamada Teresa.

Nenhum comentário: