Páginas

Imago

Tem amor que sofre uma metamorfose invertida
Começa imago a voar com grandes asas de desejo
se equilibrando a cada brisa de emoção
desafiando
mas à primeira decepção vira larva
e se arrasta como pode
com o tempo trava-se o silêncio dentro da crisálida
amor sem palavras
até olhar somente para dentro
em fase de ovo.


Participando da nova edição da Coletânea Artesanal - Metamorfoses

10 comentários:

Bruna Assagra disse...

Perfeito!!!!! É algo que eu gostaria de ter na minha prateleira....

Bruna Assagra disse...

Espero que me permita linkar os Versos Bárbaros no des-verdes para não perdê-lo de vista... ;)

acqua disse...

Adorei sua participação carissima...
Esse seu verso é tão forte, intenso.
"a primeira decepção vira larva". Perfeito. Abraços meus

Sérgio Franck disse...

Tudo a ver... ver... verdade.

Pavitra disse...


adorei, adriana!

metamorfose invertida
silêncio dentro da crisálida


que imagens bonitas!

tita coelho disse...

Muito linda tua poesia Adriana! Teus versos são densos... fortes!
Abraços

humberto firmo disse...

Introgetar-se. coisa de umbigo mesmo. dorei!

Humberto Firmo

Marcos Miorinni disse...

Parabéns pela poesia e pelo blog também, voltarei mais vezes com certeza, será um prazer.
Estou linkando seu blog ao meu, tudo bem !? Abraços Literários; Marcos Miorinni

Raquel nogueira disse...

OLá adorei seu blog seus versos achei magnificos parabéns vou visitar sempre estou acompanhando e adorei ...amor sem palavras
até olhar somente para dentro
em fase de ovo.
perfeito parabéns beijus

Marcos Miorinni disse...

Oi Adriana, tudo bem, está sumida,
espero que esteja tudo bem, enfim eu vou encerrar aquele meu blog dia 20 de dezembro e estarei em:
http://porentreletras.blogspot.com/
gostaria muito de vê-la por lá, seria uma grande honra.
se cuida ok, bjs, Marcos Miorinni
( em tempo depois pode apagar esta mensagem pois isso não é orkut arghh rs ).